3 Passos para evitar um problema jurídico por meio da comunicação

 

Evitar um problema jurídico sozinho, sem envolver nenhum advogado? Pode parecer um sonho, mas é possível evitar muitos conflitos por meio de técnicas de comunicação.

Quais os 3 passos para evitar um problema jurídico? Como agir se a outra pessoa é muito agressiva? E se as técnicas de comunicação não funcionarem, o que fazer?

Nesse post você vai aprender técnicas de comunicação que vão te ajudar a evitar problemas jurídicos no futuro e te trazer relacionamentos mais saudáveis.

3 PASSOS PARA EVITAR PROBLEMAS JURÍDICOS

1) Legitime os sentimentos e necessidades da outra pessoa

Quando estamos diante de um conflito, é natural que várias emoções negativas tomem conta dos envolvidos. O problema é que, com os “ânimos à flor da pele”, muitas vezes, fazem com que os conflitos entre em uma espiral.

Como assim? O que é a “Espiral do Conflito”?

http://www.magalhaeschegury.com.br/wp-content/uploads/sites/2/2018/08/evitar-problema-juridico.png

Pense, por exemplo, em uma discussão em um bar.

Duas pessoas trocam xingamentos, uma pessoa agride verbalmente a outra, depois podem partir para as vias de fato, até que alguém intervêm e separa a briga. Quando surge um conflito, muitas vezes, as pessoas entram em uma espiral negativa que faz com que o problema só se agrave, entende?

O que fazer para resolver esse problema?

Separe a outra pessoa do problema que você está lidando naquele momento e legitime os sentimentos e necessidades dela. Essa é a forma mais inteligente de evitar que os problemas se agravem.

2) Converse com base em critérios objetivos, princípios e em suas necessidades

Quando surgir um problema, leve à discussão critérios objetivos que os ajudem a resolver o problema. Isso pode te ajudar a combater a agressividade de outra pessoa.

Questione: com base em que critério você diz isso?

3) Separe os fatos dos julgamentos

Todos nós temos nossas opiniões e elas, muitas vezes, divergem. Acontece. O que não pode acontecer quando estamos em um conflito é dizer que sua opinião é um fato.

Fazer isso pode trazer um problema porque a outra pessoa pode discordar de você e entrar em uma grande discussão desnecessária.

Sempre que emitir alguma opinião sua, diga, “na minha opinião”, ou “na minha perspectiva”, use a primeira pessoa!

E se a outra pessoa for muito agressiva?

Assuma a responsabilidade. Se a outra pessoa for agressiva, seja assertivo na comunicação. Lembre-se que se você for agressivo também, você estará entrando na “escalada do conflito”.

Comunicação efetiva não é algo fácil, mas é o que te trará mais ganhos. Reflita sobre o que você está sentindo e o qual necessidade está faltando para você naquele momento.

Com base nisso, converse com o outro com base nos pontos importantes para você, sem atacar o outro. Teste!

Pequenas mudanças na comunicação trazem resultados gigantescos!

Mas e se as técnicas de comunicação não funcionarem?

Neste caso, primeiro reflita se as técnicas foram realmente aplicadas e se não existe mais algo que possa ser feito.

Caso realmente você chegue à conclusão que não existe mais nada que deve ser feito, este será o momento de encerrar a comunicação com a pessoa e buscar outras alternativas para resolver o problema.

Conclusão

Antes de tomar qualquer decisão para resolver um problema, é importante que você use boas técnicas de comunicação. Isso pode te economizar muito dinheiro e trazer ganhos para seus relacionamentos.

Sempre que tiver conflitos, ainda os considerados pequenos, é essencial que sejam resolvidos da forma mais clara e efetiva possível para não afetar negativamente a produtividade da sua equipe e depois causar uma “bola de neve”, trazendo maiores prejuízos.

Caso queira saber mais sobre o assunto, baixe nosso eBook: “Mediação para Solução de Conflitos: Um caminho mais leve e eficaz.”

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp Converse conosco! :)